São Miguel: onde é fácil ser feliz

É quase instintivo: quem desembarca no arquipélago dos Açores pela primeira vez não tem como evitar imaginar o que terão sentido os primeiros portugueses a chegar a estas ilhas. As diferenças são, claro, imensas mas o encanto mantém-se. A natureza exibe-se, verde, vermelha, azul, dourada, inebriante nos cantos e recantos das nove ilhas que compõem os Açores. Hoje no nosso blog falamos sobre São Miguel, a maior das ilhas do arquipélago.

Furnas: Paragem obrigatória

Do chão saem jactos fumegantes que na maior parte dos dias se dissolvem num céu forrado de nuvens e humidade. Se a descrição parece invulgar, na Lagoa das Furnas é apenas um aperitivo para o almoço. O tradicional cozido das Furnas é uma experiência gastronómica única e uma das principais atracções turísticas de São Miguel.

É preparado no dia anterior e enterrado, às primeiras horas do dia, nas caldeiras naturais da Lagoa das Furnas. Diz-se que o segredo do seu sabor é a forma como carnes, chouriços e legumes cozem em “lume brando” com o calor produzido pela actividade vulcânica. Aqui qualquer pessoa pode cozinhar a sua refeição, mas o mais comum é reservar um lugar num dos muitos restaurantes das Furnas.

Únicas plantações de chá da Europa em São Miguel

A rota das iguarias de São Miguel não fica completa sem uma passagem pela fábrica de chá da Gorreana. Uma combinação ideal de humidade e calor permitem que a ilha detenha as únicas duas plantações de chá da Europa. Estas servem não só para a produção industrial da bebida mas também como local da preservação das memórias ligadas à produção de chá. Desde que a planta foi, no século XIX, inicialmente introduzida na ilha. O aroma inconfundível de uma chávena de Gorreana e a paisagem deslumbrante da encosta norte de São Miguel colocam a experiência do “chá das cinco” no topo do álbum das recordações dos Açores.

São Miguel cheio de lugares secretos

O maior desafio aos sentidos é, no entanto, percorrer a ilha. Dos mais de 50 percursos que os Açores recomendam aos turistas e aos locais, 25 localizam-se em São Miguel, explorando cenários mágicos e remotos. Entre Maio e Outubro, uma vegetação abundante de hortênsias azuis e azáleas brancas e vermelhas ladeiam as estradas sinuosas e a montanhosa paisagem. Uma brisa constante deixa no ar o perfume das camélias ou do aromático ananás.

Para quem opta por percorrer a ilha de carro, há miradouros para contemplar todo este exotismo, que tem tanto de belo quanto de melancólico. O do Escalvado, por exemplo, oferece uma vista inebriante sobre a freguesia de Mosteiros e ilhéus. Também é perfeito para Apreciar um pôr do sol grandioso. O da Lagoa do Fogo deve o seu nome às furnas subaquáticas que afloram na orla da praia. São autênticas nascentes de água quente que fazem o contentamento dos banhistas. É mais um dos locais incontornáveis para não dar descanso à máquina fotográfica.

E a 580 metros de altitude, a paisagem que deslumbrou o rei D. Carlos e a rainha Dona Amélia, e que inspirou o nome do miradouro: Vista do Rei. Este miradouro proporciona a arrebatadora visão da Lagoa das Sete Cidades. Incontornável ponto de passagem, a atracção resulta do efeito dramático causado pelo contraste das lagoas que repousam nas suas duas crateras vulcânicas – a Lagoa Azul e a Lagoa Verde.

Santuário Marinho

O arquipélago dos Açores é um comprovado e reconhecido aquário natural de espécies marinhas. Estão identificadas mais de 20 espécies neste “santuário” açoriano, e é comum ver-se baleias, cachalotes e golfinhos. Eles são tão habituais, mostrando-se à vontade, que existem mesmo pontos de vigia para os observar.

Parque de diversões natural chamado São Miguel

Pranchas de surf, barcos à vela e apaixonados por pesca desportiva de alto mar têm lugar privilegiado nas praias de negro basalto. Os trilhos selvagens da ilha convidam a safaris 4X4, a flora caracterizada pelo azevinho e pelo cedro do mato é o cenário perfeito para passeios pedestres. O melro negro, o cagarro e o priolo justificam a presença numa actividade de observação de aves. A ilha é ainda um destino para golfistas. E a paisagem intocável de São Miguel pode também ser vivida intensamente num passeio a cavalo.

Se não consegue deixar de sonhar com o cozido das Furnas, explore já as nossas ofertas especiais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *