Maurícias

Maurícias as ilhas tropicais da felicidade

As ilhas Maurícias são um paraíso terrestre que flutua em pleno oceano. Um lugar de praias imperdíveis onde as águas oscilam continuamente entre o verde-esmeralda e o azul-turquesa.

A lenda das Ilhas Maurícias

Conta a lenda que Lord Shiva e a sua mulher Parvati circundavam a Terra num mecanismo feito de flores. Quando entretanto repararam na maravilhosa beleza de uma ilha e do mar esmeralda que a rodeava. Shiva, que carregava o Rio Ganges na sua cabeça para proteger o mundo das cheias, decidiu aterrar. Durante a descida, um par de gotas de água escorreram da sua cabeça e caíram na cratera de um vulcão, formando um lago natural.

O Ganges expressou a sua indignação por água sua ser deixada numa terra desabitada. Shiva afirmou que habitantes das margens do Ganges iriam um dia colonizar a ilha. E levariam a cabo uma peregrinação anual ao lago, durante a qual parte da água seria retirada do lago e utilizada como sagrada oferenda.

Maha Shivaratri – O Festival Hindu

Reza a realidade que a profecia cumpriu-se. A ilha encontra-se habitada por mais de um milhão de pessoas. E anualmente, durante três festivos dias de fevereiro ou março, uma boa parte dos mais de quinhentos mil hindus existentes na ilha se deslocam a Grand Bassin — o lago sagrado — para prestar homenagem a Lord Shiva. É uma celebração considerada o maior e mais importante festival hindu a ter lugar fora de território indiano.

É o Maha Shivaratri — o mais emblemático acontecimento destas ilhas a que hoje chamamos República das Maurícias.

Plantadas no coração do Oceano Índico, a oitocentos quilómetros a este de Madagáscar as Ilhas Maurícias estão rodeadas de recifes de coral. São um local onde a natureza foi delicadamente generosa. No verde da paisagem e generosa no povo que nelas habita.

As ilhas

Com um tamanho relativamente reduzido, mas com uma beleza natural deslumbrante as Maurícias têm as suas praias de areia branca, de mar vagaroso e corais submersos. Lugar de eleição para os amantes de praia é Grand Baie. Situa-se no norte da ilha e é certamente o maior centro turístico das Maurícias.

Antigamente era uma pequena vila piscatória, mas atualmente apresenta uma atmosfera cosmopolita.

Por oposição a inabitada Ille aux Cerfs- um ilhéu ainda dentro do recife que envolve a ilha Maurícia é o lugar ideal para desfrutar calmamente de um bom dia de praia. Aqui, o mar é incrivelmente transparente. Mas com os sues mágicos tons de turquesa roça suavemente a areia. Esta é fina e branca como em nenhuma outra parte da costa.

Não é por acaso que nas imediações da Ille aux Cerfs – numa privada ilhota adjacente – se encontra o Le Touessrok Sun, considerado um dos melhores hotéis de todo o mundo.

Rumo ao Sul

Se percorrermos a costa em direcção a sul, eis que se vislumbra a praia de Blue Bay. Fica situada no sudeste da ilha Maurícias. Aqui alguns barcos de pesca repousam inertes. Será seguramente – excluindo as semi-privativas praias dos principais hotéis – um dos mais apetecíveis areais de toda a ilha. Tal como Flic en Flac, na costa oeste, onde os pássaros andam agitadamente, da copa das árvores, ao imenso areal.

O interior sublime

Se andarmos para o interior, em direção à parte mais alta da ilha, começam a surgir as mágicas e misteriosas areias cloridas de Chamarel. É um espetáculo da mais natural beleza. O sol quando colabora, observa-se a invulgar e natural palete de cores que as onduladas areias oferecem, como um arco-íris esbatido.

O agitado centro urbano

Ao longo de toda a ilha existem diversas cidades Port-Louis, Curepipe e Mahébourg são, por esta ordem, as maiores e mais importantes cidades da ilha.

Sendo que haveria muito a dizer sobre estes peculiares locais. A agitação, as drogarias de proprietários invariavelmente chineses, os vendedores ambulantes de petiscos e afins. A irregular condução automobilística, alguns edifícios de interesse arquitetónico e muito mais. Fica a referência aos animados mercados de rua que têm lugar nestas cidades, aos quais vale a pena dedicar atenção.

Nas Maurícias além de passear pelas praias, existem muitos lugares surpreendentes para serem visitados.

Paisagem Cultural de Le Morne Brabant

Se ficou a pensar nestas praias maravilhosas, veja os programas que temos para si aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *